Em tempos de pandemia com muitas preocupações, medo, muita energia negativa e desafios grandes do dia a dia, muitas pessoas estão com sua paciência limitada.

Além da vida particular, no mundo corporativo, onde há muitas preocupações sobre a continuidade do empreendimento e falta de previsão real do cenário futuro, as pessoas sentem uma pressão maior ainda.

A pressão permanentemente elevada leva a um nível de estresse alto. Assim ficamos sempre perto do nosso limite.

Quando você gosta do que faz e algo der errado, as emoções vem. Vem pela razão que o resultado desejado e imaginado não saiu como previsto ou atrasou.

Na vida corporativo as pessoas tem medo de mostrar emoções por ser julgados como o descontrolado, maníaco, doido, mau educado, fraco, medroso, etc. e, assim, como incompatível com a imagem do profissional impecável com um desempenho permanente alto e sempre “dono” da situação. Da minha opinião, essa é uma criatura semelhante à unicórnio ou papai Noel, uma lenda bonita.

Emoções estão sendo administrados para não vir a tona e acabar com a imagem alheia do profissional perfeito.

Existem muitos cursos que ajudam em administrar as emoções, porém em situações atípicas em tempos de pandemia o limite sempre está mais perto e

Aí vem daquele momento!

Quando você chega no limite do seu autocontrole quando a emoção toma à frente. Aí, cada um possui a própria forma de expressar as emoções. Tem gente que fala alto, solta piadas, fala palavrões, chora, rir, etc.

Geralmente só é um momento de descontrole que descarrega a emoção acumulada como um relâmpago e depois o nível emocional volta para um patamar normal.

O que fica é um mau estar sobre o descontrole e a exposição da emoção a diante do grupo.

Como mesmo passei por um momento desse nessa semana, cheguei a refletir sobre o assunto e gostaria de passar os itens a seguir para sua reflexão própria sobre o assunto:

1. O momento de descontrole indica que algo está correndo errado na sua vida. Procure a razão real do seu nível de estresse e enfrente com humildade;

2. O momento de descontrole é um momento só. Ele não reflete sua personalidade. É somente um comportamento atípico movido por emoções fortes. Por esse momento não muda nada. Você é único, humano e um ser maravilhoso;

3. Após o momento de descontrole você conhecerá as pessoas do ambiente de forma melhor. A reação de cada um que conviveu o momento de descontrole mostra um comportamento a diante de uma situação fora da rotina. Importante para você refletir sobre o comportamento de cada um com calma para também não julgar;

4. Não julgue pessoas em um momento de alta tensão, procure entender e ajudá-las como você também lhe desejava uma pessoa de apoio no lado em vez de enfrentar julgamentos e constrangimentos;

5. A vida segue e o mais importante é de cuidar si mesmo para poder cuidar seus amados. Procure encontrar o por que e monta um plano proativo para desconstruir o que lhe deixa estressado;

6. Seja grato pelo que tem e não lamenta do que não tem. Inveja projeta o “não ter” para o “não ser” o que trava sua mente e acaba com sua autoestima;

Resta desejar que essa pandemia seja controlada em breve e que poderemos usufruir as novidades criados nesse tempo.

Tempos de crise sempre são momentos de grande criatividade.

Vida longa e próspera para você e sua família e fiquem com Deus!

#xedubr

#parafrente

Siga-nos nas redes sociais

Categories:

Tags:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.