Na sua vida profissional é essencial ser preparado para o próximo passo do sucesso, sua promoção!

Mas, qual a base de decisão para alguém seja promovido!? Geralmente seja uma pessoa que conseguiu entregar resultados, alguém que resolve.

Porém, será que resolverá também os problemas diferentes do cargo novo?

Segundo  Laurence J. Peter, autor da do livro “Princípio da Incompetência” só até um determinado nível.

No seu livro ele fala o seguinte:

“Num sistema hierárquico, todo funcionário tende a ser promovido até ao seu nível de incompetência”

O gráfico em seguir ilustra uma trajetória possível até ser promovido em uma função acima do nível da própria competência momentânea.

Sempre é assim? Não, mas é preciso ficar atento!
Principio de Peter
Fonte: https://xedu.com.br
Mas, isto tem a ver com sua vida, sua felicidade e seu sucesso? Tudo!

Todas as áreas impactantes da sua vida, seja a área financeira, saúde, bem estar, espiritual, financeira, profissional etc. devem estar em um ponto de equilíbrio para você seja feliz, eficiente e ter sucesso.

Em nossa sociedade, a área profissional é uma das mais importantes por trazer a base financeira, possibilitando a manutenção das demais áreas. O crescimento profissional permanente garante a qualidade de vida, além de servir como um reconhecimento profissional. Esse reconhecimento nos leva a uma das mais significantes fontes motivacionais, a expectativa da próxima promoção. Em uma carreira comum é algo linear, onde a formação básica junto às experiencias agregadas pelo tempo leva a uma competência de um nível maior.

Não concordo categoricamente com o Princípio de Peter de forma generalizada. Depende da capacidade específica da pessoa e da política de acompanhamento e capacitação da organização, não precisa chegar a uma promoção até a incompetência no cargo.

Mas, fique atento e pensar bem como você está se sentindo pensando em assumir o cargo do seu chefe.

Bom se fazer algumas perguntas antes de aceitar um convite para ser promovido:

  1. Eu quero ser promovido, eu mereço de crescer e sou capaz?
  2. Estou me sentindo confortável em fazer o trabalho do meu superior?
  3. Estou à disposição de assumir uma carga de trabalho maior?
  4. Estou preparado tecnicamente e emocionalmente para assumir o cargo novo de forma tranquila?
  5. O ganho financeiro é essencial para a condição financeiro?
  6. Estou me sentindo bem na minha função atual e estou vivendo um equilíbrio entre carga de trabalho, tempo para a vida particular e a situação financeira?

Bom anotar e responder de forma escrita por si mesmo. Depende das suas respostas você tem duas possibilidades (Ponto de Decisão):

  1. Aceitar a promoção e acelerar para ganhar de forma rápida as competências para ser promovido e cumprir seu papel da função nova.
  2. Pedir para ficar na função, atendendo com excelência as competências do cargo atual e aprimorar sua área.

Um fator importante para tomar a decisão é o ponto de saturação.

O ponto de saturação é um marco de satisfação em cada área importante da sua vida que você pode determinar para realinhar suas prioridades.

Aqui alguns exemplos:

  1. Sempre queria uma casa própria. Conseguiu? Gosta da casa? Então ótimo!
  2. Queria sempre ter um carro SUV da marca tal etc. Conseguiu? O carro lhe leva de A para B? Então chega!
  3. Consegue cobrir todas as despesas do mês e ainda resta para lazer e guardar? Perfeito!

Cada ponto de saturação alcançada deixa mais espaço e tempo para as coisas que não voltam. Tempo com a família, cuidar o relacionamento conjugal, passar tempo com os pais, filhos e amigos amados.

O gráfico em seguir mostra as alternativas de escolha e indica o ponto de decisão e o de saturação profissional.

Alternativa para o principio de incompetencia
Fonte: https://xedu.com.br
As duas possibilidades são um ganho para a organização também, pois:
  1. A empresa pode está com certeza que o promovido está com pleno querer enfrentar os desafios do cargo novo com a probabilidade alta que agregara valor dentro do plano de expansão do empreendimento.
  2. Caso a pessoa rejeitar a promoção por gostar da atuação e das condições atuais, há certeza que é engajado e faz um trabalho de excelência na função atual dela. Só precisa ser verificado como foi que a pessoa chegou a ser promovido e se realmente houve uma preparação adequada.
Qual decisão que seja, importante avaliar bem. Pois uma promoção não vem todo dia, mas uma vida profissional despreparada também não é saudável.

O maior fator de estresse que leva a um Burnout em muitos casos é causado por desequilíbrio na vida profissional.

Queremos mostrar você com esse post que é bom se preparar para uma mudança em vez de deixar simplesmente acontecer. Se quer ser promovido, antecipe se com a preparação própria tome gosto e vai para frente.
Se não quer subir mais na hierarquia e está satisfeito, organize-se para aprimorar sua forma de trabalhar para ganhar eficiência e conseguir que seus colegas ganham com isto.

Assim você tem sua vida nas próprias mãos e equilíbrio em todas as áreas da sua vida.

Vida longa, feliz e próspera!

Tenha atenção como ser e quando será promovido.

One response

  1. I have read several excellent stuff here. Certainly price bookmarking for revisiting. I surprise how much attempt you set to create any such great informative website.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.