As informações divulgadas sobre o Covid-19 no Brasil são muito divergentes e mal servem para fundamentar uma opinião sólida.

Entre „Fique em Casa“ e „Gripezinha“ deve existir mais discussão construtiva para encontrar de forma acertiva o ponto de partida para a volta a normalidade.

Uma base para discussão podiam ser as estatísticas mundiais sobre o Covid-19. Segue um exemplo disso abaixo. É bem interessante quando levar em consideração ainda o fator demográfico e as circunstâncias climáticas nos países indicados.
Estamos mais perto que longe do fim dessa fase! Vamos ter:

https://www.statista.com/statistics/1104709/coronavirus-deaths-worldwide-per-million-inhabitants

#backtonormal

Categories:

One response

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.